UHE Xingó: com IBAMA omisso, CHESF cria rotina de vazões abaixo de 700 m³/s
Sem restrições do IBAMA, CHESF reduz vazões da UHE Xingó a 630 m³/s
As lacunas do acordo da Vale em Brumadinho
Água de beber: busca perpetuada pelas insustentáveis vazões da UHE Xingó
previous arrow
next arrow
Slider

NOTÍCIAS

PARTICIPAÇÃO COLABORATIVA
PELA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO

LINHA DO TEMPO - 40 ANOS DE BARRAMENTOS