Postado emNotícias / Baixo São Francisco

Sem controle, baronesas em expansão no alto sertão do Baixo São Francisco

Com a situação de descontrole da espécie invasora nas regiões a montante, as baronesas se propagam ao longo do Baixo São Francisco configurando um quadro de infestação generalizada do sertão até a foz.

As baronesas, espécies aquáticas exóticas invasoras, já foram temas de diversas matérias do InfoSãoFrancisco onde foram apresentadas situações extremas que não foram objeto de qualquer ação de controle.

Em particular, no Baixo São Francisco, temos a região entre Propriá, SE e a foz com infestação da espécie ao longo de ambas as margens.

Fica evidente, como comprovam os casos identificados nesta matéria, pelo porte dos bancos, que é nula a reação de órgãos ambientais dos municípios, estados e federais no sentido de ações de combate à praga.

Bancos extensos (mas ainda com possibilidade de imediata remoção) ao longo do Saco Grande. Foto: Carlos E. Ribeiro Jr. | Canoa de Tolda/InfoSãoFrancisco

Deve ser notado que, mesmo com vazões defluentes da UHE Xingó, da ordem de 2.700 m³/s (dois mil e setecentos metros cúbicos por segundo) não há fragmentação dos bancos (atenção: a dissipação pontual e eventual de bancos de baronesas de forma “natural” pela vazão do rio NÃO é uma ação de supressão da espécie invasora, apenas uma realocação de uma zona para outra), indicando situação de estabilidade das colônias.

O porte dos bancos demonstra a consolidação da espécie invasora em mais uma zona. Foto: Carlos E. Ribeiro Jr. | Canoa de Tolda/InfoSãoFrancisco.

Baronesas, algas verdes, elódeas, mexilhões dourados, dentre tantas espécies invasoras e comprometedoras da integridade dos ecossistemas aquáticos e da qualidade das águas do Baixo São Francisco são o indicador do desastre que são as gestões das águas e dos territórios da bacia do Velho Chico.


Veja ainda

Liminar determina retirada de baronesas e descontaminação do rio São Francisco na Bahia

Região da foz do São Francisco é bloqueada pela invasão de baronesas

Baronesas na foz do São Francisco, sem ações de controle, em expansão acelerada


Fontes

Monitoramento Canoa de Tolda/InfoSãoFrancisco


Imagem em destaque – Bancos de baronesas no Saco Grande, Porto da Folha, SE. Foto: Carlos E. Ribeiro/InfoSãoFrancisco

About the writer

Carlos Eduardo Ribeiro Junior

Co-criador do InfoSãoFrancisco e coordenador do projeto.