Postado emFoto Reportagem / Biodiversidade

Encontros: o retorno da fauna na RPPN Mato da Onça

Visitante de todos os dias, o pica-pau-verde-barrado (Colaptes melanochloros) aproveita a estação dos frutos dos mandacarus. Foto: Daia Fausto | InfoSãoFrancisco.

A crescente ocorrência de maior quantidade e mais variedade de espécies na da RPPN Mato da Onça, uma das seis unidades de conservação no Baixo São Francisco, vem comprovando a necessidade de mais áreas protegidas e conectadas, para garantir o retorno da fauna e conservação de espécies na região.

” Desde que a Reserva Mato da Onça foi criada, em 2014, que a fauna vem se direcionando para cá, onde tem a garantia de alguma proteção. A região foi muito afetada pela caça, o que agora fica mais difícil. Todos os dias observo e tento registrar, mesmo que em condições não tão boas para a realização das fotos, porém temos a garantia da prova da ocorrência.” Quem explica é Daia Fausto, co-gestora da RPPN Mato da Onça, em Pão de Açúcar, alto sertão alagoano do Baixo São Francisco e responsável pela manutenção do banco de dados de ocorrência de espécies que está vinculado ao SiBBR – Sistema de Informações da Biodiversidade Brasileira.

“Todos os dias, praticamente, já cedo pela manhã, há o encontro com os bichos, a começar pela passarada na madrugada, e depois, cada um na sua hora, vão chegando, indo, e assim vai. Dá muita alegria”

22 fotos

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Ouça o canto da ave

Produção da matéria:

Daiane Fausto dos Santos – Fotografia, pesquisa, organização, tratamento de imagens

Carlos Eduardo Ribeiro Jr – Edição

Fontes

WikiAves

About the writer

Daiane Fausto dos Santos

Co-criadora do InfoSãoFrancisco e responsável pelo banco de imagens.

Carlos Eduardo Ribeiro Junior

Co-criador do InfoSãoFrancisco e coordenador do projeto.