Postado emFoto Reportagem / Biodiversidade

A longa carreira: 101 km por um punhado de peixes

Uma moqueca rala de pirambebas e acará-bois: o peixe acabou. Foto: Carlos E. Ribeiro Jr | InfoSãoFrancisco.

Com o fim dos peixes no Baixo São Francisco, pescadores buscam o chamado “peixe escondido” que estaria, na lendária Boca do Saco, no alto sertão, local outrora referência regional pela sua piscosidade.

Com o fim das cheias naturais (e a negação, pelo setor elétrico em suprir o rio de água com vazões compatíveis e na época correspondente à da reprodução da ictiofauna) e a morte provocada das lagoas marginais, os ecossistemas aquáticos foram definitivamente afetados e o peixe definha.

Desde a imposição das vazões abaixo de 1.300 m³/s, em 2013 que pescadores buscam pelo peixe que, segundo uma lendária memória, estaria entocado nas pedras do sertão, “escondido” na parte mais profunda do rio, para resistir em derradeira tentativa de sobrevivência. Assim, é observada uma migração de atividades pesqueiras de zonas mais inferiores do Baixo São Francisco (os pescadores “da praia”, lá “de baixo”) que se deslocam para o sertão em busca de uma fictícia fartura que seria a salvação de seus ganhos.

Em nossa rotina de monitoramento dos impactos das vazões extremamente reduzidas a partir da UHE Xingó, tivemos a oportunidade do encontro com Seu José Raimundo Gomes, na Boca do Saco, abaixo de Entremontes.

Seu José Raimundo tem 54 anos, é pescador do Munguengue, Traipu, distante cerca de 101 km da prainha onde fazia sua magra despesca.

18 fotos

A longa carreira de Seu José Raimundo Gomes atrás do peixe: navegando em seu bote, por 101 km, do Munguengue à Boca do Saco

Com o sumiço do peixe no Baixo São Francisco, sobretudo nas zonas mais próximas à foz, pescadores buscam, “de rio acima” uma ficcional situação de melhor pesca, “lá pra cima, perto da barragem, onde o peixe está escondido”.

Produção da matéria:

Carlos Eduardo Ribeiro Jr – Organização, fotos e texto

Daiane Fausto dos Santos – Organização, tratamento de imagens

Artigos de autoria e opinião não refletem, obrigatoriamente, posições e opiniões do InfoSãoFrancisco,

About the writer

Carlos Eduardo Ribeiro Junior

Co-criador do InfoSãoFrancisco e coordenador do projeto.

Daiane Fausto dos Santos

Co-criadora do InfoSãoFrancisco e responsável pelo banco de imagens.